Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

16
Fev17

A Lição

Francisco Freima

 Contém spoilers

Centrado nas peripécias de uma professora de Inglês, A Lição é um filme que cativa o espectador desde o início. Nele conta-se a história de Nadezhda (Margita Gosheva), professora cuja integridade moral é constantemente posta à prova pela sociedade em que vive. Logo no início, Nadezhda confronta a sua turma pelo roubo do dinheiro de uma das alunas. Incapazes de se acusarem, os pupilos ainda gozam com ela. 

 

No campo pessoal, a vida também não lhe corre de feição. Atolada em dívidas, com uma filha para criar e presa a um casamento infeliz, os problemas amontoam-se: carrinha avariada, penhora da casa, carro avariado, alcoolismo do marido. Ainda assim, estamos perante uma personagem que não desiste de lutar e que todos os dias dá o melhor de si na resolução dos problemas que afectam a sua família. Ironicamente, o único senão acaba por ser a sua virtude em face de um mundo entre o amoral e o imoral. Tentando encontrar o ladrão, marca uma nota, que logo será roubada sem que ela tenha tempo para descobrir o culpado. É que nesse dia, se não pagar os míseros dois leves (cerca de cinquenta cêntimos) que ficou a dever ao banco, arrisca-se a que o processo de penhora não seja suspenso. Antes, porém, a forma como arranjara o dinheiro em falta diz muito da força de Nadezhda, que também é tradutora: dirige-se à firma de traduções e confronta o patrão. Impossibilitada de receber o dinheiro (o patrão fugirá daí a uns dias com o dinheiro da empresa), vai ter com o pai, um homem rico que mantém uma relação difícil com a filha. Na base deste conflito está o facto de o pai ter tomado como mulher uma jovem fútil sem observar sequer um período de luto pela morte da mãe de Nadezhda. Escusado dizer que os escrúpulos de Nade acabam por impedir que aceite pedir o dinheiro emprestado – pelo contrário, ao ver uma foto da madrasta ao lado da sua, pega num marcador e rabisca-a toda. Desesperada por arranjar dinheiro, contrai então um empréstimo junto de um agiota. 

 

Com o tempo a passar e a notícia de que a firma de traduções falira, Nadezhda procura estender junto do mafioso o prazo do empréstimo. Este começa por propor-lhe o inflacionamento das notas do seu sobrinho Mitko, aluno medíocre presente na sua turma de Inglês. Bastante contrariada, Nadezhda acaba por ceder. No entanto, resolve com astúcia este problema: ao atribuir a nota máxima, um 6 (que lhe daria mais seis dias para pagar o empréstimo), a professora, para não prejudicar os demais, atribui a todos os alunos a mesma nota. Com a fatídica data a aproximar-se novamente, o escroque propõe-lhe agora o prolongamento do prazo mediante a prática de favores sexuais. Pelo meio, ameaça de que se não o fizer colocará em risco a vida da sua família. Alarmada, Nade tenta fazer queixa na polícia, mas, ao abrir a porta do gabinete, vê que o agente de serviço é um amigo do agiota, que costuma ser contratado por ele como «cobrador do fraque». Desistindo da queixa, dirige-se novamente ao pai, que exige que ela peça desculpas à madrasta. Aproveitando a situação precária de Nadezhda, a madrasta desfruta do momento, obrigando-a a repetir os pedidos de desculpas, ora porque desconfia que ela esteja a fazer figas, ora porque não diz a razão porque pede desculpas... fervendo de raiva, Nade explode, injuria a madrasta e vai-se embora. Os escrúpulos voltam a levar a melhor, mas o problema mantém-se: como pagar a dívida?

 

A solução, motivada pelo desespero, acaba por ser o assalto a um banco. Entregue o dinheiro ao agiota e regressando às aulas no dia seguinte, a rígida professora apanha em flagrante delito o aluno que andava a roubar os colegas. Todavia, consciente do seu crime na véspera, fecha os olhos ao sucedido. Depois de ter sido empurrada para o roubo, Nade deixara de ser capaz de julgar os outros pelos seus actos: eis a lição.

9 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor