Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

01
Abr17

A outra Venezuela

Francisco Freima

Central African Republic rebel.jpgAgora que a Venezuela voltou a estar na berlinda, escrevo sobre o paraíso social-democrata conhecido por República Centro-Africana (RCA). Este país é considerado o mais pobre do mundo, muito graças à governação do Kwa Na Kwa (KNK), o PSD lá do sítio.

 

Os dez anos deste partido no poder foram responsáveis pelo aumento das tensões religiosas e por uma guerra civil cujos efeitos continuam a ser sentidos. O líder do KNK, François Bozizé, foi tão incompetente a governar que conseguiu ser deposto por uma milícia armada em 2013. Como político, destacou-se pela corrupção e pelo nepotismo, ao nomear o seu filho para ministro-adjunto dele, a sua irmã para ministra do Turismo (foi depois ministra do Ambiente) e o seu sobrinho para ministro da Energia... Curiosamente, a imprensa não parece interessada em fazer reportagens sobre o estado em que o KNK deixou aquele país. Desde 2015, a RCA é governada por Faustin Touadéra, um político que se tornou independente depois de ver a social-democracia praticada pelos seus colegas de partido. Onde a Venezuela tem filas de racionamento, a República Centro-Africana tem campos de refugiados. Onde a Venezuela permite aos jornalistas fazerem reportagens sobre a sua ditadura brutal, na democracia do Kwa Na Kwa eles acabariam presos ou mortos.

 

O governo social-democrata deixou feridas tão profundas que a política de paz promovida por Touadéra parece ameaçada. Enfim, República Centro-Africana, um país a ser descoberto pelos média.

2 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor