Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

27
Abr16

Cais dos Chonés

Francisco Freima

palermas no Sodré.jpgEste país está cheio de malucos. Já não bastavam os talibãs que assassinam mulheres, agora temos as chusmas esfaimadas das discotecas. Bem pode a polícia dizer que é um caso isolado: a verdade é que os Portugueses andam crispados, por coisinhas de nada perdem a cabeça.

 

Os acontecimentos no Cais do Sodré merecem reflexão. Lembra-me aquela vaga de violência que houve há uns anos em França, quando grupos de jovens fartaram-se de incendiar carros. Na altura ninguém ligou, mas depois alguns viraram radicais islâmicos ao serviço da jihad. Por cá, estamos sentados num barril de pólvora devido às políticas de integração inexistentes. Empurrámos a primeira geração de imigrantes para guetos, hoje temos as segundas gerações desenraizadas. 

 

Claro que o contexto perde-se na força das imagens. E embora o contexto seja importante, a justiça vale mais. Um trabalhador que se prepara para abrir a porta merece o nosso respeito. Um bando de energúmenos que sai da discoteca de manhã (!) para provocar desacatos, não. Ao que parece, um dos idiotas foi cortado pela espátula de Mustafa, habituado a cortar ovelhas chonés... por mim, se lhe tivesse arrancado a cabeça não se perdia nada. O homem defendeu-se como um leão rodeado de hienas. Se na natureza o leão perde pela força dos números, espera-se que num país civilizado as hienas sejam identificadas, julgadas e presas. Senão, as imagens arriscam-se a passar no Nat Geo Wild e o nosso país a reger-se pela lei da selva.

2 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor