Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

06
Out16

Cemitérios

Francisco Freima

Cemitério de Sines.jpgAqui está uma questão importante que ninguém aborda: em pleno século XXI, fazem sentido os cemitérios? Para mim, não.

 

A evolução tem destas coisas. Quando o governo de Costa Cabral começou a aplicar a lei das taxas e da construção de cemitérios, em vigor desde 1835, as forças mais retrógradas do país vieram a terreiro. Desde a direita radical, representada pelos monárquicos absolutistas, à Igreja Católica, começou a existir uma tentativa de boicote à modernidade. O povo nortenho, mais susceptível a estas manobras, defendeu o conservadorismo e elevou «Maria da Fonte» ao estatuto de heroína. Assim, um grupo de arruaceiras fanáticas tomou a dianteira deste deplorável movimento, que exigia a continuação dos enterros nos adros das igrejas.

 

Regressando aos dias de hoje, penso que chegou a hora de se criarem as condições necessárias para que os crematórios passem a ser a única solução para os restos mortais. Além da falta de higiene inerente ao processo de enterro e exumação dos cadáveres, não se justifica o terreno ocupado pelos cemitérios. Até já existem casos em que pequenas cidades começam a ter cemitérios enormes, pois à medida que vai morrendo a população o seu espaço vai sendo ampliado. Ou seja, estamos a retirar terreno aos vivos para enterrar os mortos. É absurdo.

 

Os tempos voltaram a mudar. No século XIX, os adros das igrejas deixaram de conseguir absorver o elevado número de restos mortais e os cemitérios surgiram como o desfecho óbvio. Agora, confrontados com o aumento da população mundial, a solução terá de ser a cremação. As gerações futuras agradecem, tal como a presente geração agradece àquela que impôs os cemitérios contra todos os preconceitos.

7 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor