Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

01
Out16

Crise institucional

Francisco Freima

rebecca kadaga.jpgNo Uganda, a comunicação social está a ser perseguida pelos deputados do parlamento nacional, agastados com a cobertura feita das suas despesas injustificadas. Desde os subsídios para a compra de automóveis às milhentas viagens para as convenções da UNAA (Ugandan North American Association), os valores envolvidos nestes gastos geraram indignação entre a opinião pública daquele país. Mas o parlamento, em vez de se remeter a uma posição defensiva, pedir desculpas e tentar limpar a má imagem, o que faz? Persegue jornalistas, ameaça-os com audições parlamentares e prováveis processos por desrespeito àquela instituição!

 

Na sequência deste escândalo, o escrutínio da imprensa trouxe à tona uma história macabra: ao que parece, a visita da presidente do parlamento (Rebecca Kadaga) ao Hospital Jinja levou as enfermeiras a negarem cuidados médicos a uma mulher grávida de trigémeos (Monicah Wokobeire). Ironicamente, Kadaga fora ao hospital para lançar a Preterm Birth Initiative, cujo objectivo é a promoção de um início de vida saudável, independentemente do contexto socioeconómico das famílias. Instada a responder, a directora do hospital, Sophie Namasopo, teve a lata de dizer que não se apercebeu da situação, porque estava ocupada a preparar a visita de Rebecca Kadaga. Os três bebés de Monicah acabaram por morrer devido à negligência do staff hospitar de Jinja, sendo que dois faleceram logo após o nascimento, e o terceiro morreu quando Monicah estava a ser transportada para o Hospital Pediátrico Nalufenya.

 

A crise das instituições ugandesas ameaça o bem-estar e a saúde dos seus cidadãos. Cabe à comunidade internacional, nomeadamente aos países financiadores (o programa Preterm Birth é uma parceria com a Universidade da Califórnia), ajudarem os políticos locais a terem comportamentos à altura dos seus cargos. Só assim serão um exemplo para o resto da população.

7 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor