Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Zibaldone

Zibaldone

07
Jan17

Herero e Nama

Francisco Freima

prisioneiros Herero.pngEm Nova Iorque, foi finalmente iniciado o processo que visa responsabilizar a Alemanha pelos crimes praticados contra as tribos Herero e Nama durante a época colonial. 

 

Entre 1885 e 1903, um quarto das terras pertencentes a estas tribos foram ocupadas por colonos alemães, que não pagaram qualquer indemnização às pessoas que lá viviam. Apoiados pelo poder colonial, deram azo a uma violenta campanha de intimidação das populações locais: entre os crimes praticados, contam-se violações de mulheres e crianças e a utilização dos habitantes como mão-de-obra escrava (muitos deles posteriormente detidos em campos de concentração). Em 1904, os Herero rebelaram-se, sendo logo secundados pelos Nama. Enviado para sufocar a revolta, o general Lothar von Trotha levou a cabo uma campanha sangrenta, que se saldou em pelo menos 100 000 mortos do lado dos Herero e dos Nama.

 

A Alemanha nunca reconheceu o genocídio, mas agora poderá ter mesmo de vir a fazê-lo. Além disso, o que esta história demonstra é que afinal Adolf Hitler não era o diabo em forma de gente. Muitas vezes esquecemo-nos que os factos históricos são enquadrados por um contexto sócio-cultural. Estas práticas remontam ao tempo do Império, pelo que Hitler é mais um produto da sua época do que o contrário. Digo isto porque me irrito quando os alemães vêm com a fábula de que não sabiam de nada sobre o Holocausto... fico agora à espera do espanto germânico perante o genocídio destes povos. Até porque, como todos sabemos, os soldados de von Trotha nunca mais colocaram um pé em solo alemão, jamais regressaram às suas famílias e em nenhum momento deixaram cartas, fotografias ou qualquer tipo de ordens de extermínio... tudo novidade, portanto.

sobreviventes Herero.jpg

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor