Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

04
Set16

O escrupuloso demagogo

Francisco Freima

Paulo Portas.jpgA cada dia que passa, cresce a minha admiração pelos opositores do regime angolano. Ontem, após mais um episódio de violência perpetrado pela polícia angolana, a mando do MPLA, ouvimos a curiosa opinião do dr. Paulo Portas sobre os direitos humanos naquele país:

 

Angola tem mais de 100 mil portugueses, duas mil empresas nacionais e 10 mil empresas em Portugal a exportar para lá. Estes factos tão importantes dão razão à escola diplomática que sabe que deve defender os interesses portugueses e não ter a atribuição de explicar aos angolanos como devem ser angolanos. Quem sabe do futuro dos angolanos são os angolanos. Respeitemos isso.

 

Peço desculpa ao Portas, mas não consigo respeitar isso. Aliás, nem sequer consigo respeitar quem defende o que ele defende. Traduzido para bom português, a doutrina de PP é esta: deixem lá os angolanos prender, torturar e assassinar quem quiserem! O que nos interessa é o dinheiro que as elites deles têm, a nossa obrigação é a de ser a lavandaria angolana na Europa. Explicar aos angolanos como eles vivem é pura perda de tempo, temos de lamber as botas de quem detém actualmente o poder! Olhem a fila: se não puxarmos o lustro aos sapatos de José Eduardo dos Santos, os turcos, os ingleses, os italianos, os franceses, os espanhóis ou os chineses passam a dominar a indústria do cuspo! Olhem eles ali a salivar... não podemos ser colonialistas, deixem-nos viver como o José Eduardo dos Santos quer! Nós somos mais refinados, dobramos a cerviz e fazemos colonialismo económico (perdão, diplomacia económica!). Depois do déspota esclarecido, o escrupuloso demagogo... A amoralidade de Portas chega ao ponto de afirmar que apoia a não-ingerência nos assuntos angolanos enquanto defende a intervenção na... Síria:

 

Muitos podem fingir que não veem, mas os problemas mais urgentes neste momento na UE são a crise migratória e a vulnerabilidade aos ataques terroristas. Mais de metade dos refugiados têm origem na Síria e grande parte dos Campos de treino dos terroristas e o ensinamento da doutrina são também na Síria. Lamento dizer mas é esta a realidade. E não vejo forma de resolver o problema da Síria sem um acordo com a Rússia no Conselho de segurança da ONU.

 

No futuro, a entrada nos dicionários para a palavra «oportunista» terá a foto de Paulo Portas, o homem que defende tudo e o seu contrário (não defendeu ele também a invasão do Iraque??). Felizmente, existem em Portugal pessoas que vêem o essencial: hoje são os angolanos, amanhã poderemos ser nós. Falo por mim, se voltássemos a viver na penumbra da opressão, detestaria ver os políticos da futura democracia angolana a dizerem «quem sabe do futuro dos portugueses são os portugueses. Respeitemos isso». 

 

Sintomaticamente, as declarações de PP não mereceram ainda nenhum repúdio por parte da direcção do PP. Tal como as de Hélder Amaral não mereceram a abertura de um processo disciplinar ou a sua expulsão do partido «democrático social». Já sabem, quando votarem no CDS estão a votar nos amigos improváveis de José Eduardo dos Santos (os comunistas são os BFF, os socialistas e sociais-democratas aqueles ditos para as ocasiões... porque a ocasião faz o ladrão).

2 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor