Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Zibaldone

Zibaldone

24
Mai16

Secretas esPiadas

Francisco Freima

Top-Secret.jpgA notícia do espião português apanhado a vender segredos à Rússia merece uma gargalhada. Só Vladimir Putin para afagar o ego do povo mais fanfarrão do mundo, para pôr José Milhazes, com um ar sério, a dizer que não vê motivo de risota. Afinal, pertencemos à OTAN! Ahaha, ainda estou a soluçar, desde os parabéns do Serrão ao Colinho que eu não me ria tanto 

 

Oh, Milhazes, saíste cá um anjinho! É que tipo, não sei o que é mais hilariante, os russos espiarem um país fraco ou a OTAN confiar segredos a um país fraco. Falo por mim, sempre pensei que Portugal fosse o mestre de cerimónias, o bacano das cimeiras a quem os outros dão uma palmadinha nas costas enquanto elogiam o catering: «Uma delícia estes pastéis de bacalhau!» ou «o serviço estava excelente». Os Portugueses percebem mais de baixelas do que de embaixadas, de serviços de mesa do que de serviços secretos... existir quem sobrestime a nossa capacidade para guardar segredos, só pode ser um elogio. Já agora, estou curioso em relação à confiança depositada pela OTAN em nós. Porque, para me assegurarem da competência da Aliança Atlântica, preciso que me digam que os segredos confiados a Portugal não põem em perigo a segurança nacional de nenhum país. Aliás, chamem-me ingénuo, mas pensava que a OTAN tinha um departamento de contra-informações responsável pela criação de relatórios falsos sobre as suas actividades. Isto, claro, para entreter os nossos espiões. Imaginava até que o pessoal encarregue dessas tretas apostasse sobre quem iria fazer o SIS engolir a patranha mais mirabolante.

 

Ninguém no seu perfeito juízo leva a sério os nossos serviços de informação. Basta olhar para o «caso das Secretas», onde os espiões aparecem instrumentalizados pelo poder financeiro na recolha de dados que qualquer cidadão seria capaz de compilar. E que dizer do «apanhado»? Este Frederico Carvalhão Gil só pode ser imbecil, pois apesar de toda a sua experiência não se furtou a cometer um erro de principiante. Se este tipo é dos melhores, nem quero imaginar os mais fraquinhos: um suspeito entra no metro e eles, antes de continuarem a perseguição, param para carregar o Lisboa Viva? Vão ter com um informador e não notam que têm a Mossad, o detective particular, o assassino contratado, o tipo a quem deve dinheiro e a namorada no seu encalço? Trocam documentos à antiga, do género passarem vinte vezes no mesmo sítio e abordarem com a senha mais estapafúrdia o ocupante de um banco de jardim, por sinal o velhote que espera o parceiro de sueca? E que sueca não é nenhum nome-código para secreta?

 

A conta de Facebook em nome de Frederico Carvalhão Gil exibe uma série de posts alusivos à Geórgia, a temas relacionados com a Rússia, e também com a maçonaria, à qual o espião pertenceria.

 

Falando de incompetência, um «espião» que tem Facebook, publica posts suspeitos sobre o segundo empregador e faz gala de pertencer à maçonaria... o vizinho do 1º Esquerdo faria melhor, não tem Facebook e só usa avental na cozinha. E que dizer destas pérolas deixadas por um colega (já agora, Sr. Colega, não acha que devia estar calado)?

 

As coisas têm de ser vistas com realismo: apesar de ser um momento triste, esta é uma grande vitória dos serviços de informações portugueses, porque é muito difícil fazer este tipo de operações.

 

Sim, uma grande vitória dos serviços de informação portugueses, que têm mais fugas do que a Procuradoria-Geral da República! Que eu saiba, a PJ e a Interpol não são serviços secretos e a CIA não é portuguesa... Espero que a OTAN tenha aprendido a lição: o único segredo que as nossas secretas estão habilitadas a guardar (com a ajuda de todos nós, claro) é a sua incompetência.

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor