Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

01
Fev17

Um clube a saque

Francisco Freima

Diogo Viana Belenenses.jpgNo mês de Janeiro, os adeptos ficaram a conhecer a verdadeira extensão da crise que atravessa o Belenenses. De um momento para o outro, a equipa perdeu cinco dos seus melhores futebolistas (Joel Pereira, Gonçalo Brandão, Palhinha, Gerso e Fábio Sturgeon), capitão de equipa incluído. Na apresentação como jogador do Estoril, Gonçalo Brandão deixou uma mensagem enigmática, afirmando que «era altura de abraçar um projecto novo, sério, com pessoas sérias.» Sendo a SAD responsável pela gestão do futebol profissional do clube, a crítica velada só pode ter como destinatário o presidente Rui Pedro Soares e seus acólitos. 

 

Custa ver tamanha desorganização no emblema da cruz de Cristo. Dá a sensação de que a SAD, ciente de que o clube pretende reaver a maioria do capital, está a fazer tudo para alienar os poucos activos existentes. Dispensar o capitão de equipa a meio da época é um acto de gestão inédito, sobretudo quando nos atemos ao facto de que ele ainda tinha contrato, não era um André Pinto pronto a sair no final da época a custo zero ou um Maicon indisciplinado. Igualmente problemática foi a partida de Fábio Sturgeon por uns irrisórios 500 000 euros – mais valia terem-no oferecido. E desde quando é que os jogadores saem do Belenenses para ir reforçar esses «colossos» chamados Estoril e Vitória de Guimarães? Bons jogadores só deveriam sair para um grande ou para o estrangeiro, nunca para clubes que, no máximo, lutam pelos mesmos objectivos.

 

Do lado das entradas, regressaram Filipe Mendes, Fábio Nunes e Juanto (a saída mais estranha do defeso), tendo sido contratados Cristiano, Edgar Ié, Persson, Diogo Viana e Maurides. Não tenho nada contra os novos reforços, pelo contrário, todos eles são jogadores que acrescentam qualidade ao plantel (Persson não sei, nunca o vi jogar, mas dou-lhe o benefício da dúvida). O que me chateia é terem mandado embora outros tão bons ou melhores por uma bagatela ou a custo zero. Deste corrupio, a única boa notícia foi a de a SAD ter optado por contratar jogadores em vez de trazer emprestados que não dão retorno financeiro ao clube e deixam o Belém sujeito aos interesses de outras equipas, como foi o caso de Palhinha (Sporting) e Joel Pereira (Manchester United). Agora, só falta a parte mais difícil, a de rentabilizar os futebolistas e vendê-los por valores decentes.

2 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor