Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

07
Abr17

Verão Mediterrânico

Francisco Freima

Manif desemprego jovem.jpgO desemprego jovem é um dos maiores (senão o maior) problema dos países do Sul da Europa. Ao empurrarem este segmento da população para a emigração, países como a Grécia e Portugal arriscam-se a acordar um dia sem futuro.

 

Ideologias são muito bonitas e ajudam-nos a interpretar o mundo em que vivemos. No entanto, um jovem estará sempre mais próximo de outro jovem do que das divisões ocasionadas pela luta ideológica. Isto se tiver a dose adequada de compaixão. Falo por mim, sinto que tenho mais em comum com um jovem de direita do que com um reformado de esquerda, sobretudo ao nível dos problemas que nos afectam. Podemos divergir nas respostas, mas isso não impede a unidade na acção caso o problema ameace a nossa geração. Temos tendência a reconhecer-nos naqueles que partilham a trincheira connosco, e eu conheço inúmeros jovens de direita que também estão desempregados. 

 

Mas o mais fundamental nesta identificação nem é a condição de desempregado: é o facto de termos crescido lado a lado, dos laços de amizade que nos unem e nos aproximam desde tempos anteriores às nossas filiações político-partidárias. A falta de emprego nestas idades é uma bomba-relógio para a demografia. Numa altura em que deviam estar a trabalhar para terem a oportunidade de declarar independência e constituir família, o que vemos é o inverso. Salvo uma casta de protegidos, que vai medrando à sombra das cunhas, o resto dos jovens está sujeito às leis de um mercado hostil e à burocracia do IEFP. Enganados e explorados, sentem a impotência de um sistema montado para os reduzir à miséria. 

 

Vivemos no século XXI, mas o País parece vogar em pleno século XIX, quando embarcava milhares de jovens para as Américas. E talvez seja o melhor a fazer: abandonar uma terra que dizem não ser a nossa, deixá-la à casta. Ou isso, ou acendermos o rastilho de um Verão Mediterrânico.

10 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor