Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zibaldone

Zibaldone

20
Jun16

Verão... que é uma porcaria

Francisco Freima

adepto selecção.jpgA pior altura do ano chegou. Enquanto o país migra para as praias e se enterram os últimos laivos de racionalidade na silly season, uma minoria fica a aturar os desvarios dos compatriotas. Aconselho a lerem O País do Carnaval, do Jorge Amado, para perceberem o que é Portugal no Verão (basicamente, o Brasil durante o Entrudo).

 

E este ano começa bem, com Marcelo na praia, o pequeno-almoço do Ronaldo, os «quarenta mil» pikachus, a loira ou a morena no iate do Ronaldo, as declarações do Malheiro, as insónias do Ronaldo... A época por excelência das feiras do fumeiro, das feiras medievais, das festas populares, dos cantores pimba, dos lagares de azeite em tudo quanto é sítio... Tudo regado a kizomba, yoga e zumba, para termos um verniz de modernidade no lugar do pátrio arroto –  inspira, expira... 

 

Mas de dois em dois anos o Verão traz outra praga: os mundiais/europeus de futebol. Eventos que antigamente eram sinónimo de apoio à selecção, tornaram-se em verdadeiros cultos de personalidade. O jogo torna-se pretexto para atingir um fim: tornar as massas eufóricas/disfóricas, criar uma histeria prestes a atingir níveis patológicos. Psicopátria, um dos melhores álbuns dos GNR, talvez venha a ser o nome dessa doença.

 

E a Poesia, perguntam vocês. Que me lembre, não tira férias desde que Junqueiro a levou a passear, nos idos de 1879. É só aquela arte em que somos realmente os melhores do mundo, mas a que ninguém liga pevas. No desporto, o hóquei em patins sofre do mesmo.

12 comentários

Comentar post

Antiguidades

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bloguista

foto do autor